Cafeinado | Fake News | 04 out 2020 - 16:56

TSE reúne nove agências de fact-checking contra notícias falsas nas eleições

De: luizfernando

Numa ação sem precedentes no combate às fake news, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmou parceria com nove agências de fact-cheking: AFP, Agência Lupa, Aos Fatos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Estadão Verifica, Fato ou Fake e UOL Confere.

A ofensiva contra as notícias falsas foi batizada pelo TSE de “Coalizão para Checagem – Eleições 2020”. O objetivo é identificar os boatos eleitorais e encontrar, da forma mais ágil possível, respostas verdadeiras e precisas. As checagens serão publicadas na página Fato ou Boato, que já está no ar.

É boato

“É falso que 7,2 milhões de votos foram anulados pelas urnas na eleição de 2018”, diz uma das chamadas da página Fato ou Boato. A chamada é acompanhada de uma série de links (com logos) para matérias das agências que já desmentiram o boato em questão. Vale a pena conferir.

Má-fé

Fake news são notícias falsas criadas com o intuito de prejudicar terceiros ou de desinformar a população de forma deliberada. Nem sempre quem as compartilha o faz por má-fé. Às vezes, trata-se de pura ignorância. Quando você se deparar com a fake divulgada por um conhecido, informe-o a respeito, compartilhando o link de notícias desmentindo o boato. Se a pessoa se recusar a deletar a postagem, mesmo informado que se trata de notícia falsa, não restará dúvida de que a fake foi compartilhada de má-fé.

Imprensa

Na cerimônia de formalização da “Coalizão para Checagem”, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou o papel da imprensa e das agências de checagem para promover eleições limpas. O esforço conjunto, disse o ministro, tem o objetivo de minimizar o impacto da desinformação – veja aqui como foi o lançamento.

Sua opinião

A opinião sobre o desempenho dos candidatos nos debates é muito pessoal e, como tal, não consiste numa verdade absoluta. Por isso, a coluna quer saber qual sua opinião sobre quem venceu e quem perdeu o primeiro debate na Band entre os candidatos a prefeito de São Paulo. Opine escrevendo nos comentários desta matéria.

Feira

Aberta a temporada de políticos comendo pastel na feira. A sugestão aos marqueteiros dos candidatos que não são lá muito dados às guloseimas dos pobres – como aquele fabuloso pão com ovo na chapa, com cafezinho no copo americano – é evitar essa “estratégia” nas eleições. O risco de virar meme é alto.

O famoso meme do pastel de feira

Vacina

Tem bolsonarista com dor de cotovelo com a notícia de que o governo de São Paulo começará a vacinar os paulistas, contra o novo coronavírus, em 15 de dezembro deste ano. O contrato com a chinesa Sinovac foi assinado pelo governador João Doria (PSDB) no último dia 30. Pra que a preocupação? Quem tem cloroquina e toma ozônio no *** não precisa de vacina.

 

* CAFEINADO é uma coluna assinada pelo jornalista Luiz Fernando Cardoso. É publicada diariamente no blog Café com Jornalista e em sites parceiros, como o R11.

LEIA MAIS TEXTOS DA COLUNA CAFEINADO