Olímpia e Região | Educação | 09 fev 2021 - 16:16

Aulas na rede pública de Olímpia voltam neste mês sem obrigatoriedade da presença dos alunos

De: Redação R11 News

Uma das áreas mais impactadas pela pandemia da Covid-19, a Educação está com aulas presenciais suspensas desde março de 2020, na Estância Turística de Olímpia. Neste ano, o retorno estava marcado para ocorrer em 1º de fevereiro, de acordo com o calendário do ano letivo, mas, devido à alta no número de casos registrada em janeiro, foi necessário adiar a volta.

Desta forma, um novo decreto (Nº 8.006/21), publicado nesta semana, regulamentou o formato de retorno das atividades na rede pública, estadual e municipal, bem como nas particulares.

Segundo a publicação, está autorizada a volta a partir da próxima segunda-feira, dia 08 de fevereiro, de forma remota para as escolas estaduais e municipais de Olímpia. Na rede estadual, o aprendizado ocorrerá de acordo com as orientações do Estado. Nas particulares, já está autorizado direto o retorno presencial.

Para a rede municipal de ensino, que conta com cerca de 5.500 alunos, o conteúdo será aplicado conforme ocorreu no ano passado, com a retirada e entrega agendada das atividades nas escolas, com orientação remota dos professores. Cada escola definirá seu cronograma e orientará os pais e responsáveis.

Já o retorno presencial está previsto para ocorrer a partir do dia 22 de fevereiro, para todas as modalidades de ensino (creche, pré-escola e Ensino Fundamental I), dependendo do faseamento em que a regional se encontrar no período. A ocupação máxima das salas de aulas, de acordo com as normas atuais, é de 35% com rodízio de alunos, mas será adequada para respeitar as regras do Plano São Paulo. Vale ressaltar que o retorno presencial NÃO SERÁ OBRIGATÓRIO, podendo os pais decidirem se autorizam as crianças a frequentar as escolas e, em caso de optar pelo ensino remoto, será oferecido todo o respaldo necessário aos alunos.

Nesta semana, além do replanejamento com os professores, as unidades escolares estão recebendo os pais para dialogar sobre o retorno remoto e presencial e passar todas as orientações a respeito da preparação do ambiente escolar.

O município tem se preparado para o retorno com a aquisição de máscaras para os alunos, face shield (protetores faciais) para os professores e funcionários, bem como a disponibilização de totem com álcool em gel, álcool 70º para limpeza, aferidor de temperatura, tapete higienizante e outros equipamentos necessários. Além disso, a Educação está finalizando os trâmites dos uniformes e materiais escolares, que devem ser distribuídos em breve.

“Vamos iniciar as aulas de forma remota, mas estamos nos preparando para a volta presencial, com muito zelo e respeitando as orientações de saúde. Os alunos devem frequentar as salas em três turmas, em forma de rodízio, mas daremos total respaldo aos pais que optarem por não levar os filhos. Estamos tomando todas as medidas necessárias para garantir um retorno seguro”, ressaltou a secretária de Educação, Dalva Coelho.